Rio de Janeiro: Casa Amarelo

Em meio à natureza, inúmeros bares, restaurantes, ateliers e galerias de arte do bairro histórico de Santa Teresa, essa mansão burguesa construída em 1904 hoje abriga um dos hotéis boutique mais pitorescos do Rio.

Com administração e design internacional, Laurent Gélis da agência francesa Robert le Héros, traz a beleza e elegância de sua cultura unindo à boemia local e às cores e elementos tropicais.

São apenas sete suítes a disposição, e até um apartamento para apenas uma pessoa, suprindo as necessidades de todos os tipos de hóspedes acostumados com hotéis de luxo. As áreas comuns do hotel são as mesmas de qualquer casa, com sala de estar, sala de jantar e uma piscina para relaxar no final do dia, junto ao jardim.

Em um terraço suspenso sob a copa das árvores, com vista para duas faces do Rio ( à frente, o centro da cidade, à direita, a baía de Guanabara), o restaurante Jardim Royal é um bistrô que combina cardápio de pratos leves e criativos, assinado pelo Chef Lucas Batista. São dez sugestões entre entradinhas, como os bolinhos de ervilha com chutney de tomate e principais como o ragu de cordeiro e o bacalhau basco, com novidades a cada três meses.

Onde: Rua Joaquim Murtinho, 569 – Rio de Janeiro

Quando: Sempre (Restaurante de quinta à sábado das 18h às 00h)

Nas redes:

Fotos: Cortesia Casa Amarelo – Anne-Emmanuelle Thion (hotel) e Rodrigo Azevedo (Restaurante)

Mais por Raffaele Di Giuda Asselta

Nova York: One Girl Cookies

Onde um dia abrigou inúmeras fábricas e armazéns aos pés da Manhattan...
Leia Mais